BEM-VINDO ÀS NOSSAS MEDITAÇÕES DIÁRIAS
Boa Semente - 23/9/2017
MEDITAÇÕES SOBRE O LIVRO DE NEEMIAS

Leia Neemias 13:1-14

 “O que é negligente na sua obra é também irmão de um grande desperdiçador

Provérbios 18:9

 

 

Neemias foi obrigado a voltar à corte do rei. Aproveitando a ausência de Neemias, Tobias, um inimigo já bem conhecido, usou de manipulação para obter acesso às câmaras anexas à casa do Senhor, graças à ajuda de um dos sacerdotes, ninguém menos que Eliasibe, que já se havia mostrado totalmente negligente na reconstrução do muro da cidade. Porém, os porteiros, homens designados no capítulo anterior “para as câmaras dos tesouros”, não tinham guardado o que Deus lhes mandara proteger (12:44).

 

Cheio de indignação, ao retornar, o próprio Neemias jogou fora todos os pertences de Tobias. Depois ordenou que as câmaras fossem purificadas e os objetos e ofertas fossem colocados em seus devidos lugares (Mateus 21:12-13). Nosso coração às vezes é como essas câmaras em que o mundo coloca suas coisas no lugar daquilo que deveria estar ocupado com o que é de Deus!

 

Um ato de negligência sempre conduz a outro e Neemias teve de lidar com a questão das porções devidas aos levitas e também da supervisão e distribuição dos dízimos ofertados pelo povo.

 

Devocional 2017.jpg

Extraído do devocionário Boa Semente 2017
Depósito de Literatura Cristã
www.boasemente.com.br
pedidos@boasemente.com.br

 Busca Local
"Quem traz uma candeia para ser colocada debaixo de uma vasilha ou de uma cama? Acaso não a coloca em um lugar apropriado?
Porque não há nada oculto, senão para ser revelado, e nada escondido senão para ser trazido à luz.
Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!
Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo".
(Marcos 4:21-24)
 Minhas Crônicas
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010
2009
2008
 Contato
Fale com o autor
 Links
Boletim dos Obreiros
 Copyright 1/1/11
Todos direitos reservados ao autor. Caso deseje publicar alguma matéria contida neste site, solicito que sejam citados a origem e o autor, como convém. Bem haja!