BEM-VINDO ÀS NOSSAS MEDITAÇÕES DIÁRIAS
Boa Semente - 21/1/2018
A HUMILHAÇÃO DE CRISTO

 De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que... humilhou-se a si mesmo sendo obediente até à morte”

Filipenses 2:5,8

 

 

Nessa passagem, Paulo nos apresenta Cristo como nosso modelo perfeito, e nos mostra a Sua humildade e Sua obediência na maravilhosa jornada da glória divina até a cruz da vergonha. A força da passagem está em nos apresentar, não apenas o caminho de descida que o Senhor Jesus trilhou, mas a humildade que O caracterizou.

 

Primeiro, Ele é apresentado como “sendo em forma de Deus” (v. 6). Sendo em forma de Deus, sua mente estava tão centrada em servir, que Ele não pensou em Si mesmo, nem na Sua reputação. Ele “fez a si mesmo de nenhuma reputação... fazendo-se semelhante aos homens” (v. 7), sem deixar de ser Deus. “Forma”, certamente, implica humanidade em Sua plenitude — espírito, alma e corpo.

 

Sua humildade foi ainda exibida ao assumir a forma de servo (v. 7), não de anjos, mas de homens. Apesar de ser “superior”, quando comparado aos padrões humanos, Ele não Se exaltou como Seus irmãos sugeriram. Ele não demonstrou Seu poder para Se tornar conhecido (João 7:3-4) — ao contrário, Ele Se humilhou.

 

Além disso, Ele expressou Sua humildade, deixando de lado Sua própria vontade para fazer a de outro. Assim, Ele foi “obediente até à morte”, a mais vergonhosa morte que um homem pode morrer: “morte de cruz”. Ele não apenas abriu mão de Sua vida, mas de Sua reputação diante dos homens: Ele “foi contado com os transgressores” (Isaías 53:12).

 

Que isso seja gravado sobre nossas almas outra vez. O propósito dessa maravilhosa passagem é apenas estabelecer o exemplo que Cristo deu para nós, Seus seguidores.

 

Devocional 2017.jpg

Extraído do devocionário Boa Semente 2018
Depósito de Literatura Cristã
www.boasemente.com.br
pedidos@boasemente.com.br

 Busca Local
"Quem traz uma candeia para ser colocada debaixo de uma vasilha ou de uma cama? Acaso não a coloca em um lugar apropriado?
Porque não há nada oculto, senão para ser revelado, e nada escondido senão para ser trazido à luz.
Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!
Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo".
(Marcos 4:21-24)
 Minhas Crônicas
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010
2009
2008
 Contato
Fale com o autor
 Links
Boletim dos Obreiros
 Copyright 1/1/11
Todos direitos reservados ao autor. Caso deseje publicar alguma matéria contida neste site, solicito que sejam citados a origem e o autor, como convém. Bem haja!