BEM-VINDO ÀS NOSSAS MEDITAÇÕES DIÁRIAS
Boa Semente - 26/4/2017
O REDENTOR

 Porque eu sei que o meu Redentor vive”

Jó 19: 25

 

 

Junto com Bach, Handel encontra-se entre os maiores compositores da última época do Barroco. Seu caráter impulsivo fez surgirem várias anedotas.

 

Handel uma vez comprou uma pintura que era considerada uma obra genuína de Rubens. Quando peritos questionaram a autenticidade do quadro, diz-se que Handel escreveu a seguinte carta a um dos especialistas no campo da arte:

 

“Prezado senhor, recentemente comprei um soberbo quadro de Rubens. Existem aqueles que têm a coragem de dizer que essa peça magnífica é uma cópia. Imagine, uma cópia! Que afirmação absurda! Eu estou determinado a quebrar todas as costelas, uma por uma, da próxima pessoa que se atrever a dizer tal coisa. Por favor, venha me visitar tão cedo quanto possível! Eu gostaria de ouvir sua cândida opinião acerca do quadro”.

 

A ameaça contida na carta nos faz duvidar se Handel desejava mesmo uma opinião cândida.

 

E o que dizer de nós mesmos? Somos capazes de suportar a verdade não adulterada? A Palavra de Deus afirma: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus” (Romanos 3:23-24).

 

No nosso caso, que é diferente de uma pintura falsificada, o prejuízo pode ser reparado. Nós precisamos apenas reconhecer o julgamento de Deus sobre nós e então aceitar a redenção oferecida no Senhor Jesus.

 

O túmulo de Handel na Abadia de Westminster mostra o mestre, cego pela idade, segurando uma folha de música de seu famoso oratório “O Messias”. Trata-se da ária: “Eu sei que meu redentor vive”. Esse é o tipo de conhecimento com o qual alguém pode viver e morrer. 

 

Devocional 2017.jpg

Extraído do devocionário Boa Semente 2017
Depósito de Literatura Cristã
www.boasemente.com.br
pedidos@boasemente.com.br

 Busca Local
"Quem traz uma candeia para ser colocada debaixo de uma vasilha ou de uma cama? Acaso não a coloca em um lugar apropriado?
Porque não há nada oculto, senão para ser revelado, e nada escondido senão para ser trazido à luz.
Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!
Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo".
(Marcos 4:21-24)
 Minhas Crônicas
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010
2009
2008
 Contato
Fale com o autor
 Links
Boletim dos Obreiros
 Copyright 1/1/11
Todos direitos reservados ao autor. Caso deseje publicar alguma matéria contida neste site, solicito que sejam citados a origem e o autor, como convém. Bem haja!